Desmoralização da Lava Jato

.
Às 06h do último dia 22, Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda, foi preso temporariamente pela
Foto: Valter Campanato/ABr
Polícia Federal pois apresentava "riscos à ordem pública" e poderia destruir provas.

Às 12h, o juiz Sérgio Moro, que autorizou a prisão, liberta-o.

Oras, como pode alguém em tão poucas horas oferecer risco à ordem pública e depois não mais?

Não há justificativa para a prisão e soltura em sequência. Se foi solto é porque não havia argumentos justos para a prisão temporária.

Trata-se de mais uma ação da República de Curitiba que ultimamente tem trabalhado mais pelo espetáculo político que pelo rigor jurídico.

Lamentável !!!

Por Leandro de Jesus

0 comentários:

Clique e confira as promoções

Publ01