Manifestantes em Poá ocupam a Câmara e apresentam reinvidicações

.
Foto: Marco Aurélio
Há pouco mais de um ano a Câmara de Poá era tomada por manifestantes contra o abusivo aumento salarial dos políticos da cidade. Agora, os ativistas demonstraram o enorme descontentamento com o transporte coletivo municipal e, no plenário, exigiram mudanças imediatas. 

A manifestação começou em frente ao legislativo municipal, tomou as ruas de cidade e paralisou completamente o viaduto. Na sequência, o grupo se encaminhou até a Rodovia Henrique Eroles (São Paulo-Rio) e interditou o tráfego na via que liga Itaquaquecetuba-Poá-Suzano

Foto: Rodrigo Gonçalvez
No início da sessão da Câmara Municipal, o movimento tomou conta do plenário e exigiu a leitura da carta de reivindicações. Não há previsão regimental para tribuna livre mas movimento conseguiu expor as exigências.

Foto: Rodrigo Gonçalvez
De acordo com o movimento, a Prefeitura deve começar imediatamente a redução da tarifa até chegar a zero. Como primeiro ato, o valor tem de baixar para R$ 1,00. Os manifestantes alegam que há recursos suficientes para o executivo subsidiar a passagem, como ocorre em todo o mundo. A arrecadação municipal deve chegar aos R$ 360 milhões este ano.

O movimento exige desde já passe livre para os estudantes, municipalização do transporte público, contratação de cobradores para todos os veículos, com garantia de direitos trabalhistas e disponibilização de ônibus com acessibilidade aos deficientes.

Os ativistas entendem que, assim como a educação e saúde, o transporte público é um direito e deve ser gratuito para que possam exercer plenamente a cidadania. Por isso, o poder público deve investir garantindo transporte público, gratuito e de qualidade.

Prefeito
Na manhã desta terça-feira, o Prefeito Testinha emitiu nota informando que encaminhou ofício à Radial para avaliar se é possível reduzir o valor. É bom lembrar que o prefeito tem o direito de decretar a redução a qualquer momento, como fez quando reajustou. O ofício não altera a situação em nada pois somente o prefeito é quem tem o direito e é responsável por alterar.

Veja AQUI vídeo da manifestação
Veja FOTOS

 Por Leandro de Jesus

0 comentários:

Clique e confira as promoções

Publ01