Artistas organizam I Festival Multiartístico de Poá

.
Companhias, bandas, grupos, artistas e diversos agentes participarão de estopim cultural durante o dia 15 de junho na Praça da Bíblia, em Poá

A cultura será protagonista em Poá neste mês. O I Festival “Despertar” Multiartístico da cidade nasce para
por em xeque o tradicional costume de classificar Poá como mera ‘cidade dormitório’, que não apresenta atrativos culturais à população. Grupos de dança e teatro, músicos, poetas, brincantes, artistas plásticos e diversos outros de dentro e de fora do município transformarão a tradicional praça Praça da Bíblia em ambiente rico em diversidade cultural, no próximo sábado, 15 de junho.

Será um dia de intervenções para acordar a pequenina cidade, acolhedora, de leque cultural diverso mas que não tem espaço para ser apresentado e divulgado. Não estamos apontando o dedo para ninguém. Este é apenas um relato do que é vivido por artistas, grupos, músicos ou quaisquer agentes culturais de todo o Alto Tietê. Eis, outro ponto de nossa atenção.

O I Festival “Despertar” Multiartístico de Poá surge para somar. Somar pessoas em prol da cultura, de um levantar que evidencie a arte como essência para uma mudança social. Somar a diversidade multiartística destes agentes culturai, escancarando a qualidade e conteúdo únicos de cada participante, tão próximos de nós no dia a dia. Somar esforços nesse movimento. Somar amor pela arte.

Serão ao menos 30 intervenções, muitas delas simultâneas, ao longo do dia. Alguns dos artistas confirmados são: o grupo mogiano de música e dança popular Jabuticaqui, o artista circense Erich Sant'anna da Família Ver'Arte, que fará intervenções de circo-teatro, o grupo de teatro Clara Trupi de Ovos y Assovios, os músicos Leonardo Fonseca, Helder Vinhola, Clayton Belchior, além da bateria jovem da G.C.E.S. Última Hora e dos grupos de Hip Hop Rahsaan e Arena MC. Durante o decorrer do festival, artistas plásticos como Jonh Naja estarão pintando ao vivo. 

A união destes artistas, que organizam o evento de forma autônoma, almeja quebrar barreiras culturais e despertar Poá por meio da arte. Em Tupi, Poá significa “bifurcação de caminhos”, o que deixa claro o caráter transitório dos que passam por aqui. Mas no próximo sábado todos se encontram em um único lugar. Diversos públicos e criadores de diferentes gêneros, classes, idades, raças e crenças estarão juntos na Praça da Bíblia, das 14 às 22h, para modificar esta concepção e tentar transformar a cidade dormitório em uma cidade em que se chega, se fica, se desperta e, principalmente, se sonha.

Comissão Organizadora
I Festival “Despertar” Multiartístico de Poá

Veja Programação completa AQUI

0 comentários:

Clique e confira as promoções

Publ01