AUTORIDADES AGEM APÓS TRAGÉDIA EM SANTA MARIA

.
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Um dia após a tragédia em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, autoridades já começam a tomar primeiras medidas para revisão na concessão de alvarás e fiscalização de prédios que comportam grande quantidade de público.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), determinou hoje (28) uma revisão nas normas e procedimentos relativos à prevenção de incêndio, segurança, autorização e funcionamento de locais com capacidade para reunir 500 pessoas ou mais. Veja reportagem da Brasil Atual.

Segundo a Folha de São Paulo, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT), falou hoje em elaborar um plano nacional de combate a incêndio.

A Presidenta Dilma afirmou que tem de ser intensificada a fiscalização de boates.

O Professor e Jornalista Leonardo Sakamoto salientou que o alvará não necessariamente resolve o problema. Medidas mais transparentes evitam a corrupção de agentes públicos na liberação de espaços.

O comentárista Bob Fernandes também falou da corrupção e disse que a população tem que cobrar. "Como esperar fiscalização de festas numa cidade, como São Paulo, onde um funcionário, o tal Saab, autorizava alvarás ilegais para construção de prédios inteiros? O cidadão fez fortuna de R$ 50 milhões, tinha mais de 100 apartamentos e o prefeito diz que não sabia de nada. Alguém, num lodaçal desses, vai fiscalizar casa noturna?", finalizou. Veja o vídeo Aqui.

O presidente do Sintracon (Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias da Construção Civil de São Paulo), Antônio de Souza Ramalho Ramalho diz que, como sindicalista da área de construção civil, já teve muito conhecimento relacionado a empresários do setor que usam do “jeitinho brasileiro” para viabilizar empreendimentos que nem sempre estão em conformidade com a legislação. “90% das casas noturnas não estão regulares”, diz Ramalho. “Esse pessoal nunca consegue alvará, aí corrompe para lá, corrompe para cá”, acrescenta ele, ao dizer que entre muitas consequências, o despreparo de seguranças é apenas um dos reflexos. “Tudo é feito na base da gambiarra”, emenda, em reportagem do IG


Por Leandro de Jesus

0 comentários:

Clique e confira as promoções

Publ01