DE ONDE VEM TANTO DINHEIRO PARA PROPAGANDA ELEITORAL?

.
Você já parou para pensar de onde surge tanto dinheiro para custear as campanhas eleitorais? Como alguns candidatos conseguem espalhar placas pela cidade inteira, contratar cabos eleitorais, abrir comitês, comprar bandeiras e adesivar dezenas de carros?

Se pensou que o recurso é do próprio partido, errou. A menor parte vem de lá. Há uma teia que historicamente demonstra de onde vem os recursos e o julgamento do Mensalão prova isso. Em Poá, não difere muito.

Normalmente os partidos arcam com as despesas de candidatos nas grandes capitais. Uma pequena parcela é destinada para as pequenas cidades. Como então explicar os milhares de reais investidos numa cidade tão pequena como a nossa? Como explicar que três candidatos a vereador na cidade conseguem espalhar centenas de placa em todo o território de Poá.

Eles são bonzinhos e arcam com milhares de reais dinheiro do próprio bolso? Não somos bobos para acreditar nisso. Um dos  esquemas é o do mensalão, repetido nas cidades pequenas. É aquele no qual empresas vencem licitação e tem de devolver uma taxa para o contratante do poder público. Esse valor serve para abastecer o caixa 2 das eleições e enriquecer o político. Outro esquema é a empresa realizar doação a determinados candidatos mas com a certeza de que irá vencer futuras licitações para reaver o valor investido. Outro esquema são as notas fiscais frias, que indicam determinado valor, mas apenas parte é repassado para as empresas.

Ou seja, basicamente, parte dessas milionárias campanhas são pagas com recursos públicos, dinheiro de nossos impostos. É claro que há muita campanha, empresas e políticos honestos e não devemos impedir que haja propaganda eleitoral. É por meio desse processo que identificamos quem honestamente poderá nos representar.

Uma boa alternativa para identificar esses bandidos é comparar o que eles informam nas prestação de contas para a Justiça Eleitoral e o que realmente vemos nas ruas. Se houver uma discrepância grande, certamente tem esquema envolvido.

Por Leandro de Jesus

2 comentários:

Cintia Costa disse...

Além de gastarem uma fortuna em propaganda ainda atrapalham a vida dos pedestres, pois as passagens utilizadas pelas pessoas nas saídas da estação de trem estão congestionadas de placas, mas os candidatos não estão pensando no povo né....querem postar uma foto,rsrs Poderiam todos abrir um Blog, um facebook e deixar as vias públicas para quem precisa utililá-las....
Campanha "Não quero foto quero FATO"

julianny silva disse...

Faça de suas palavras as minhas,concordo com vc... Esse povo deviam eram procurar o q fazer ao invez de perderem o tempo espalhando essas porcarias nas ruas.
No outro dia não tem nenhum pra limpar.
Só aparecem na hora de pedir,na hora de agir eles somem.

Publ01