CÂMARA VOTA ARQUIVAMENTO DE COMISSÃO PROCESSANTE: NA CALADA DA SEXTA

.
Trabalhador não poderá acompanhar a votação, que será à tarde

Nesta sexta-feira, dia 22, será realizada uma sessão extraordinária da Câmara Municipal para votar o parecer emitido pelos membros da Comissão Processante que analisa possíveis irregularidades cometidas pela administração do Prefeito Testinha (PDT). A divulgação da sessão foi realizada apenas nesta quinta e o horário marcado, para as 16h, demonstra claro objetivo de restringir a participação e o debate do assunto pela população.

A CP, formada pelos vereadores Ricardo Massa (PP), Júnior da Locadora (PR) e Diretor Humberto (PDT) optaram pelo arquivamento do processo que investigava possíveis irregularidades na contração de servidores da Frente de Trabalho Municipal.

Vereadores

Foram convocados para participar do encontro os vereadores Jeruza Lisboa Pacheco Reis (PTB), Lauriston Roberto Ferreira Barros(PV), e Marcos Ribeiro da Costa (PDT), o Marquinhos da Indaiá. Os parlamentares que fizeram parte da Comissão Especial de Inquérito (CEI) e da CP não poderão participar da votação amanhã e concederão espaço para seus suplentes.
 Foto Arthur Stabile
População não irá  acompanhar sessão
Da CEI, Augusto de Jesus daSilva (PRB), relator, terá como suplente José Honório de Souza, dacoligação PRB / PTC; enquanto Mário Massayoshi Kawashima (PSD), o Mário Sumirê (membro), terá nasuplência Nairtonde Castro, da coligação PMDB / DEM. Já a vaga de Azuir Marcolino Cavalcante(PTB), presidente da comissão, não será preenchida. Segundo a juíza eleitoral da Comarca de Poá, os suplentes do parlamentar não podem assumir o cargo, já que foram encontradas irregularidades na prestação de contas da campanha de 2008 dos mesmos.


O presidente da CP, José Ricardo Massa (PP), terá como substituto Antônio Nobre Ramos, da coligação PC do B / PP / PDT / PPS. Acadeira do vereador Carlos Humberto Martins (PDT), relator, será preenchida por Luiz Antônio Soares de Oliveira (PDT), o Tonho, ao passo em que o republicano Fernando Rodriguez Molina Júnior (PR), o Júnior da Locadora, membro, será substituído por MarisaCortinas, da coligação PRP / PV.

Como o parlamentar Edison Rodrigues (DEM) foi ouvido como testemunha durante o processo, ele também terá de abdicar da cadeira durante a votação, tendo como suplente Benedito Aguinaldo Gersogamo, da coligação DEM /PMDB.

Durante a sessão extraordinária de julgamento, o Poder Legislativo votará o parecer dado pela CP, que, após analisar a defesa prévia apresentada pelo prefeito Francisco Pereira de Sousa (PDT), o Testinha, decidiu peloar quivamento do processo. A Casa de Leis, inclusive, poderá rejeitar a posiçãodo grupo, dando, assim, prosseguimento às investigações. A votação será feita pela maioria dos presentes.

O parecer foi elaborado dentro do prazo de cinco dias a contar da entrega da defesa por parte do denunciado, no caso o chefe doPoder Executivo poaense. Dos três membros da CP, apenas o vereador Júnior da Locadora (PR) não assinou o documento, entregue no dia 12 de junho à presidência da Câmara de Poá.

Mais uma sexta, mais uma votação

Já não bastasse a escandalosa votação do abusivo aumento de salários dos políticos de Poá ter sido realizada numa sexta-feira, pós-carnaval, sem anúncio oficial, novamente, uma nova discussão importante será posta em votação, sem ser anunciada com antecedência. Pior, às 16 horas, limitando a participação popular para acompanhar os trabalhos. Deve ser este o objetivo.

Quanto menos esperamos, mais a Câmara nos surpreende. Não trato aqui nem do mérito do caso, se o Prefeito é culpado ou não, apesar das evidências, mas sim dos atos claros em podar a participação dos cidadãos. Em todo debate polêmico, o plenário da Câmara fica lotado. Neste ano, as manifestações contra o aumento salarial mostraram o descontentamento com o andamento desse tipo de política. Se não se pode contra o povo, suprime-o de participar, e faça uma sessão em horário no qual o trabalhador não possa comparecer. E assim anda a gestão da Câmara.

Por Leandro de Jesus
com Ass. Imprensa Câmara

0 comentários:

Clique e confira as promoções

Publ01