FLISOL E POLÍTICAS PÚBLICAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

.
Ocorreu neste sábado, em Guarulhos, o FLISOL Alto Tietê - Festival Latino Americano de Instalação de Software Livre. O evento, através de debates, oficinas e laboratórios procurou apresentar soluções em softwares gratuitos e foi um espaço pedagógico para a construção de um nova cultura digital, que passa pela possibilidade do conhecimento livre e colaborativo. Foi ainda um espaço no qual os participantes mostraram a importância de o Poder Público promover políticas públicas de inclusão digital e de criar ambientes propícios para a difusão de políticas de tecnologia da informação e comunicação, através desses programas.

Centenas de pessoas participaram das atividades, muito bem organizadas pelo Movimento Software Livre Guarulhos, além do providencial apoio da administração municipal. Aliás, as práticas desse município tem de servir como exemplo para serem replicados nas outras cidades do Alto Tietê. O uso de tecnologia na administração pública não deve ser um assunto aleatório, mas um componente essencial na gestão para uso de práticas transparentes, como ferramente para facilitar a participação popular e também na maximização de recursos e redução de custos.

A prefeitura de Guarulhos apoia o software livre e lançou diversas soluções em código aberto para administração do município, entre eles o Projeto Tecnologia Cidadã, que além dos serviços públicos online, implanta as unidades dos telecidadanias, espaços de inclusão digital que estão sendo implantados nos bairros carentes, para que a população possa não só acessar os serviços da prefeitura mas fazer cursos de capacitação, oficinas e desenvolver projetos e estudos via rede.

A administração municipal daquela cidade, inclusive, produziu e distribui o Linux Gu@rux, sistema operacional desenvolvido pela equipe de técnicos do departamento de Informática e Telecomunicações (DIT).

Ao longo da manhã, o Sociólogo, Doutor em Ciência Politica e professor da Universidade federal do ABC, Sérgio Amadeu concedeu palestra sobre software livre e cultura digital. Entre outras participações e oficinas, no início da tarde o jornalista Leandro de Jesus, membro do Coletivo de Blogueiros e Redes Sociais do Alto Tietê e Ricardo Poppi, assessor da Secretaria Geral da Presidência, falaram sobre o uso de tecnologia e manifestações políticas.

As experiências demonstradas ao longo de todo evento ratificam os resultados positivos na utilização de softwares livres. São programas seguros, com facilidade em sua alteração, além de serem gratuitos e serem exemplos de praticas mais sustentáveis. São ótimas ferramentas para as as administrações públicas, especialmente as da região que se dizem progressistas, utilizarem, tanto na gestão quanto no processo de inclusão digital.

É uma opção de gestão e também ideológica. Ou se prefere dar espaço à uma tecnologia produzida de forma colaborativa, muitas vezes nacional, ou se paga milhões de reais aos softwares proprietários. É um desafio proposto a todos nós.

FLISOL

O FLISOL (Festival Latinoamericano de Instalação de Software Livre) é o maior evento de divulgação de Software Livre da América Latina. Ele acontece desde 2005 e seu principal objetivo é promover o uso de software livre, apresentando sua filosofia, seu alcance, avanços e desenvolvimento ao público em geral.

Com esta finalidade, diversas comunidades locais de Software Livre (em cada país, em cada cidade/localidade), organizam simultaneamente eventos em que se instala gratuitamente e totalmente legal, software livre nos computadores levados pelos participantes. Também, paralelamente, são oferecidas apresentações, palestras e oficinas, sobre temas locais, nacionais e latinoamericanos sobre Software Livre, com toda sua variedade de expressões: artística, acadêmica, empresarial e social.

Por Leandro de Jesus

0 comentários:

Publ01