PRIMAVERA ÁRABE CHEGA A POÁ

.
Nesta sexta-feira, dia 24, a cidade de Poá viverá um clima raro nos últimos anos. A Câmara Municipal de Poá votará um escandaloso projeto de lei que objetiva aumentar salários de vereadores, secretários e prefeito. Porém, uma votação, tramada para acontecer pós-Carnaval, que deveria ocorrer numa tranquilidade, sem qualquer debate no município, pode ser a mais agitada já vista. Está programada uma grande manifestação em frente da Câmara, contra os aumentos salariais.

A Primavera Árabe é o movimento de ruptura das populações árabes contra ditaduras, censuras, supressões de liberdades e falta de democracia em diversos países. Um dos destaques dessas ações foi a massiva campanha difundida através de redes sociais, convocando a população e distribuindo informações. A forma de chamado tem sido repetida nesta semana, em Poá.

Ainda durante o feriado, militantes, estudantes e cidadãos em geral procuraram curtir e compartilhar informações sobre o ato, programado para iniciar as 18h, pouco antes das sessões ordinária e extraordinária. Às 17h, do mesmo dia, algumas pessoas já se programaram para preparar cartazes para utilizar na manifestação. Este encontro será na Praça da Bíblia.

O resultado não se sabe, mas certamente já é um grande avanço manifestações na cidade contra arbitrariedades promovidas pelo Poder Público. Um vencedor, portanto, já pode ser declarado, o cidadão, que buscou debater o assunto, ainda que dificultado pelo falta de informação.

A votação

A Câmara Municipal inseriu os projetos na pauta e deixou para encaminha-la para a imprensa no fim do expediente da última sexta-feira, dia 17, de modo que até esta quarta, dia 22, ninguém tinha os dados oficiais do aumento salarial. A estratégia serviu para que não houvesse grande repercussão do tema. No sábado, porém, o Blog de Poá e o Programa Política 360 graus já comentaram sobre o assunto.

Os PLs propõem os seguintes aumentos:

Vereador: de R$ 5.900,00 para R$ 10 mil
Secretários: de R$ 7 mil para R$ 12 mil
Vice-Prefeito: de R$ 7,5 mil para R$ 12,5 mil
Prefeito: de R$ 12,5 para R$ 22,4 mil

Os valores foram propostos pela Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara, composta pelos vereadores Mário Sumirê, Jeruza Lisboa e Ricardo Massa

Por Leandro de Jesus

0 comentários:

Clique e confira as promoções

Publ01