TESTINHA: O DESAFIO DO ÚLTIMO ANO DE MANDATO

.
O mandato do Prefeito Francisco Pereira de Souza, o Testinha (PDT), entra em seu último ano. Neste período, a população irá avaliar sua gestão e se cumpriu promessas de campanha. É momento de começar, desde já, a contabilizar os sucessos e fracassos, os erros e acertos, e ponderá se sua administração foi capaz de promover desenvolvimento social e sustentável ou se, de modo geral, foi uma continuidade do atraso, construído pelos poucos grupos que sempre tiveram o poder da cidade.

Em janeiro passado, o Blog de Poá avaliou a metade da gestão. Dizia então que Testinha "não ousa, não inova, não mostra dinamismo, nem transforma ou promove mudanças substanciais". O artigo concluía afirmando "ou o governo muda a direção do bonde, a favor de ações grandes e de impacto real, ou continua com ações pontuais, sem conexão e se afundará nas próximas eleições".

Embora a administração de Testinha não costume divulgar resultados de suas ações, em 2012 é ano de conferí-los. Houve um investimento massivo em educação, especialmente na construção de escolas e creches. As obras exigiram grande investimento. No entanto, será através da avaliação do aprendizado dos alunos que será possível obter resposta se a política foi correta ou não. Certamente, os resultados da avaliação do governo federal, neste ano, irão trazer indicadores para realizar esse julgamento.

Outro investimento grande, que gira em torno de R$ 8 milhões de reais, é a construção do Centro de Eventos. Uma obra que deverá ser entregue após três anos de construção e que terá de justificar tamanho investimento. O galpão construído não se aproxima de centros modernos e, portanto, deve-se observar a ocupação dele ao longo do ano. Se não conseguir ser aproveitado, será dinheiro mal investido.

Será preciso avaliar ainda se foi positiva a terceirização implantada pela administração. O Programa Saúde da Família (PSF), a ortopedia, auxiliares de serviço, merendeiras e guardas são exemplos de transferir a responsabilidade da administração para empresas privadas. Em todo o país, administrações que agem dessa forma precarizam os serviços públicos. Testinha terá de provar o contrário.

Durante todo o mandato, diversas maquetes foram divulgadas. O Blog de Poá mais uma vez comentou sobre esse assunto. Neste ano, Testinha deverá tirar do papel as obras pois as promessas foram registradas. Por falar em promessas, enfim será momento de avaliar se o prefeito cumpriu aquilo que garantiu na sua campanha, em 2008. O Blog de Poá lembra para que você possa avaliar se foram cumpridas ou se elas serão em 2012.

- Postos de saúde com remédios e contratação de médicos
- Atendimento domiciliar de fisioterapia
-PSF em todos os bairros
- Parque industrial e shopping para gerar empregos
- Tarifa do transporte municipal a R$ 1,70
- Base da Guarda Civil em Calmon Viana, Kemel e Nova Poá
- Preservação das nascentes
- 10 subprefeituras que pudessem contratar moradores dos bairros
- Conselho Municipal de Cultura

Todas a promessas podem ser visualizadas na foto ao lado.

Além disso, em o prefeito enfrentará na Câmara Municipal julgamento das contas da administração, que foram consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado. Testinha também sofrerá o peso político da condenação em primeira instância sobre se autopromover com dinheiro público.

É ano de balanço no qual a população deve, portanto, avaliar se o prometido foi cumprido e se as ações tiveram resultados positivos. Se o saldo for negativo, Testinha será cobrado na urnas.

Por Leandro de Jesus

2 comentários:

NelsonRA disse...

Sou morador de Poá a cerca de 14 anos. Porém, meu voto, até a eleição passada, foi para a prefeitura de S.Paulo. Assim, não ajudei a eleger nosso atual Prefeito. Mas, vi melhoras que ocorreram no período deste governo: Novas creches; Escolas (reformadas); asfalto; policiamento e limpeza publica.

Coisas que ainda merecem atenção:

Esgoto correndo a céu aberto (Ex.: córrego Itaim);
Falta de coleta seletiva;
Programa para plantio de arvores de rua/ manutenção das existentes;
Necessidade de um novo Hospital (ainda que de iniciativa privada);
Necessidade da instalação de postos policiais em todos os bairros mais afastados;
Aumento do transito; Aumento do número de condominios;
Ausencia de eventos esportivos; etc.
-----------------------------------------
Agora, esperar passar os quatro anos pra saber se o prefeito vai ter as contas aprovadas ou se o projeto/obra vai ou não funcionar, precisa ser coisa do passado.

Ser cidadão também é dizer, de forma clara, o que queremos e precisamos pro nosso bairro e pra nossa cidade.

Permitir que a população eleja (via internet) suas prioridades e discuta/opine junto aos governantes sobre como e em que tempo as mesmas sairão do papel. Contar com o apoio de escolas técnicas, envolver a população em campanhas de reciclagem, manutenção da limpeza, gincanas "eco-culturais", seriam condutas e praticas muito mais coerentes para o mundo on-line em que estamos inseridos. O futuro governante já conheceria seus desafios, antes mesmo de se candidatar.

O que nos falta pra parar com o tititi e arregaçar as mangas?

Turma, vamos aproveitar a parte boa da globalização. Se necessário, trocar figurinhas com quem está do outro lado do mundo e que resolveu problemas iguais aos que temos aqui a baixo custo ou de forma sustentável. Vamos nos espelhar só no que é bom.

Jardel Souto disse...

poá precisa muito mais pois nao adianta ficar fazendo um montao de predios e nao ter pessoal qualificado para trabalhar!! a segurança está pessima nao por culpa da policia mas de quem compete,precisamos de bases comunitarias nos bairros pelo menos onde há um indice,alto de roubos furtos roubos de veiculos como é o caso da cidade kemel que sempre "liderou" o indice.precisamos de segrança equipados nas escolas e nao adianta colocar uma pessoa vestida de roupa preta!!! digo precisamos de estrutura se possivel no minimo 4 guardas em cada escola...tambem prioridade em que diz respeito aos animais abandonados,eles merecem respeito sao vidas!!! precisariamos de um canil ou seja um lugar para acolhe-los trata-los e doa-los e fiscalizar essa pessoa que levou esse animal!!enfim falta muito para poá ser verdadeiramente uma estancia hidromineral!!! grato a todos e atenciosamente: jardel

Clique e confira as promoções

Publ01