CÂMARA ABUSA NA COMPRA DE COMBUSTÍVEL

.
Há pouco mais de um ano este Blog de Poá denunciava abuso na compra de combustível para veículos da Câmara Municipal de Poá. Agora, no primeiro edital lançado sob a gestão do novo presidente do Legislativo poaense, Deneval Dias (PRB), os gastos já serão maiores. No pregão que ocorrerá em 7 de fevereiro está previsto a contratação de empresa para fornecer 26 mil litros a mais, totalizando 108 mil litros entre etanol e gasolina.

Assim como naquele artigo, fizemos um cálculo estimativo de quanto se pode circular com este total de combustível. Porém, aumentamos o consumo por km rodado e não descontamos as semanas nas quais os parlamentares permanecem em recesso, em julho e dezembro. Ainda assim, o resultado é espantoso.

Considerando que o ano tenha em média 250 dias úteis e que o carro consuma a cada 9km um litro de etanol e em 12 km um de gasolina, será possível percorrer aproximadamente 360 km por dia. Cada gabinete de vereador tem à disposição um veículo.

Desse modo, a quantidade de combustível comprada permite-se fazer, por exemplo, o caminho Poá - centro de São Paulo por 7 vezes num único dia. Da mesma forma, é possível usar o veículo para ir e voltar de outra Estância Hidromineral, a de Águas de Lindóia, no interior de São Paulo

Contatados via e-mail e telefone, a assessoria de imprensa e a direção da Câmara não responderam quais são as justificativas para a quantidade de combustível e nem mostraram qualquer estudo que explique a compra para uso na cidade que tem apenas 17km2.
Por Leandro de Jesus

0 comentários:

Clique e confira as promoções

Publ01