VALDEMAR COSTA NETO FOI NOVAMENTE IMPUGNADO

.
Desta vez decisão ocorreu no TSE

Valdemar Costa Neto (PR) candidato à reeleição a deputato federal foi enquadrado na Ficha Limpa e teve sua candidatura impugnada em processo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Recurso interposto pelo Partido Comunista Brasileiro e por Mario Berti Filho, após julgamento da candidatura no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE/SP), levou o pedido para análise no TSE, em Brasília. O registro foi analisado hoje pela vice-procuradora Sandra Cureau. Sua decisão impede a candidatura do deputado com base na lei Ficha Limpa.

Costa Neto renunciou ao mandato de deputado federal em agosto de 2005 para evitar processo de cassação e perder os direitos políticos. Na época, no então Partido Liberal (PL), ele declarou ter recebido em torno de R$ 6 milhões, que seria de doação para campanha não contabilizado oficialmente. Roberto Jeferson (PTB), no entanto, acusou que este valor seria do esquema do mensalão.

Com a renúncia, Costa Neto pode ser eleito novamento em 2006. Mas com a instituição neste ano da Lei Ficha Limpa, os candidatos que renunciaram a mandato para evitar cassação não podem disputar as eleições.

O parecer será agora votado em plenário e caso confirmado caberá recurso no Superior Tribunal Federal.

Por Leandro Jesus Gomes
atualizado em 11/09/2010, 14:37h

1 comentários:

Adilson Santos disse...

A Justiça foi feita, e foi mostrado que nem sempre o poder econômico esta dando as cartas.

Parabéns pela iniciativa de apurar e publicar, pois temos que divulgar esta informação no campo da política, para que o povo, em sua grande parte formada por corruptos passivos, aprendam a escolher melhor os governantes e legisladores da cidade, estado e nação.


DIGA NÃO AO ABORTO

DIGA NÃO A PEDOFILIA - Denucie - DISK 100

Clique e confira as promoções

Publ01