AS INCOERENTES DOBRADINHAS ELEITORAIS

.
A tradicional parceria no processo eleitoral entre dois candidatos a deputados é chamada de dobradinha. Um a deputado federal e o outro a deputado estadual unem-se com o objetivo de reduzir custos de campanha e ampliar a captação de votos. Num processo de vale-tudo, os candidatos chegam ao cúmulo de aliarem-se a opositores.

Um exemplo é a parceria entre Roberto Marques (PTB), candidato a deputado estadual, e Elaine Abissamra (PSB). Marques é candidato por um partido que não lançou coligação mas que apoia informalmente a candidatura a governador de Geraldo Alckimin (PSDB). O partido de Elaine, porém, fez coligação com o PSL e tem como candidato a governador Paulo Skaf, que também é de sua sigla. Para presidente, o PTB apoia Serra (PSDB) e o PSB aliou-se a Dilma Rousseff (PT).

José Candido (PT), candidato a deputado estadual também faz dobrandinha com Elaine. O PT, no entanto, tem Aloizio Mercadante como candidato a governador. Nesse caso, ambos só tem como apoio igual a candidatura à presidência de Dilma, já que para Senador seus respectivos partidos também lançaram nomes diferentes.

Valdemar Costa Neto (PR) é outro que faz dobradinhas estranhas. Em materiais de campanha, ele aparece ao lado de Heroilma (PTB). O primeiro apóia Mercadante e Dilma e a segunda a Geraldo e Serra.

Exemplos não faltam mas é certo que nesta salada eleitoral, temperada com dobradinhas entre opositores, sem vínculo partidário ou de coligação, as quais só fazem confudir a cabeça do eleitor, mostram como são frágeis ideológicamente nossos candidatos.

Como dar credibilidade a alguém que dobra com um político cujo objetivo é eleger o adversário? Como votar em parceiros cujos projetos de país são totalmente diferentes e aqueles que carregam tais propostas são ferozes concorrentes? As respostas são difíceis de encontrar. Provavelmente, nem os próprios candidatos que realizam tais malabarismo consigam.


 Por Leandro de Jesus

1 comentários:

kleberhs007 disse...

Leandro,

Gostei desse artigo. Quem dera o pessoal pudesse ter a mesma conscientização política que você.

Um grande abraço.

Clique e confira as promoções

Publ01