FUTEBOL BURROCRÁTICO

.
Não foi nada animadora a convocação da seleção brasileira para a Copa do Mundo. O técnico Dunga seguiu coerente, consigo mesmo, e montou uma equipe sem brilho, sem estrelas e que joga um futebol burocrático.

Nunca a convocação final é aprovada de forma unânime mas a atual é reprovada de forma quase absoluta. Craques foram substituidos por jogadores medianos, brucutus, os quais não emocionam os torcedores.

Dunga até foi campeão da Copa América e das Confederações com este grupo e acredita que na Copa, competição bem mais difícil, o resultado positivo também virá.

É o que esperamos, mas o que mais temamos. Acostumamos a ver nos últimos anos nossa seleção com craques do nível de Ronaldo, Rivaldo, Bebeto, Romário, Cafu e Roberto Carlos. Hoje sofremos ao ver Elano, Júlio Batista, Josue e Grafite. Muitos dos atuais selecionados são reservas em seus clubes. Como acreditar, então, num alto rendimento da seleção? Dunga parece ser o único a acreditar.

Que Ronaldinho e Adriano não vivem o melhor de suas carreiras, ou Neymar e Ganso são jovens e sem experiência na seleção, todos sabemos. Mas na hora do sufoco, no momento em que tiver que tirar um coelho da cartola, só haverá aqueles jogadores comuns. Um craque, mesmo em situação adversa, é capaz de fazer algumas jogadas geniais. Os brucutus convocados, não

Torceremos, mas saibamos que sofreremos. Espero queimar a língua!!!

Por Leandro de Jesus

1 comentários:

saulo souza disse...

Leandro, deixa o homem trabalhar...O Dunga tem história suficiente para provar que sabe o que está fazendo. Não se permitir contagiar pelo emocionalismo é essencial para um líder! Talvez este grupo não apresentará o futebol mais bonito do mundo, entretanto, apresentará um trabalho de produtividade que só o coletivo pode fazer.

Clique e confira as promoções

Publ01