FORMADO CONSELHO DE POLÍTICAS URBANAS

.
No último sábado, dia 8, uma comissão da prefeitura realizou o Fórum Municipal para eleição dos membros do Conselho de Desenvolvimento de Políticas Urbanas. A meta principal será revisar o Plano Diretor da cidade.

O Conselho será formado por sete membros do executivo e catorze representantes de entidades da sociedade, dos quais sete serão titulares e o restante suplentes.

O processo eleitoral ocorreu sem grandes problemas. Houve apenas dificuldade em limitar quais entidades poderiam participar, pois a lei que trata da formação do conselho é muito genérica. A comissão do evento, no entanto, deliberou sobre as dúvidas.

Entre os representantes de entidades, foram eleitos membros de igrejas, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do CRECI, CREA, sindicatos, Organizações não-governamentais e Sociedade Amigos de Bairros.

Os conselheiros se reunirão no fim do mês para aprovar o regimento interno e programar as próximas atividades.

O Conselho

O Conselho de Desenvolvimento de Políticas Urbanas terá o importante papel de revisar o Plano Diretor de Poá, que existe desde 2006 e deve ser reavaliado a cada 4 anos. Na Lei há itens importantes da organização do município, como o zoneamento urbano, a delimitação de construções habitacionais e industriais e formação de áreas de preservação.

É nesse momento que o grupo deve trabalhar para atacar a especulação imobiliária, especialmente nas poucas áreas verdes do município, bem como nas suas fontes, e principalmente no momento em que o Rodoanel chegar à cidade, alterando profundamente o espaço urbano.

Os interesses são conflitantes e espera-se que os membros eleitos tenham consciência e capacidade suficiente para que ajudem a cidade se organizar ambientalmente sustentável.

Por Leandro de Jesus

0 comentários:

Clique e confira as promoções

Publ01