TROCA DE SECRETÁRIOS NA PREFEITURA

.
Testinha nomeia secretário contratado por "proximidade familiar"

Após um ano e dois meses conduzindo duas secretarias, Ali El Kadri foi dispensado da Secretaria de Governo e permanecerá em definitivo na Secretaria da Saúde. Em seu lugar, assume Geraldo Pereira de Oliveira, ex-chefe de gabinete.

O médico Ali assumiu a Secretaria da Saúde concomitante com a de Governo, após o pedido de demissão de Cristiane de Souza, que teve uma brevíssima gestão. Logo em seguida, foi publicado neste Blog críticas sobre a gestão de duas secretarias por Ali. Naquele momento, foi dito que "a ocupação do cargo que seria temporária, parece se tornar permanente. Apenas um cargo dessa natureza já é complexo, dois para uma mesma pessoa demonstra um constra-senso do prefeito". O tempo confirmou que não haveria uma gestão interina, mas uma que durou mais de um ano.

Ali é afastado da Secretaria de Governo após tumultuada relação com alguns vereadores. Foi constante a crítica em relação à sua inabilidade em negociar com o legislativo.

Após a nomeação de Oliveira para a chefia de gabinete foram geradas suspeitas sobre sua capacidade para a função, especialmente devido a informações divulgadas na imprensa e não negada por Testinha. No jornal Diário do Alto Tietê de 02/01/2009, o modo de seleção dele foi descrito: “Aos 52 anos, Oliveira não é filiado a nenhum partido e foi escolhido por Testinha pela sua proximidade familiar. Nossas avós eram irmãs. Somos primos em quarto grau´, atestou.

Espera-se que agora, com um secretário em cada pasta, os problemas na área da saúde sejam sanados e os projetos do governo sejam apresentados com melhor dinâmica.

Por Leandro de Jesus

0 comentários:

Clique e confira as promoções

Publ01