CONCRETO É SINÔNIMO DE REVOLUÇÃO NA EDUCAÇÃO

.
Para a prefeitura, levantar obras é revolucionário

Enquanto especialistas em educação de todo o país discutem e sugerem alternativas para a melhoria do ensino e aprendizado, a prefeitura de Poá diz ter encontrado a solução para revolucionar a educação na cidade. Para o prefeito Testinha (PDT), a mágica virá através do concreto, da construção de unidades.

O sucesso será "devido às obras de reestruturação, serviços de reforma, ampliação, restauração e construção de novas creches e escolas da rede municipal de ensino, incluindo a primeira unidade a contar com a piscina semi olímpica e com quadra poliesportiva coberta", segundo nota oficial da secretaria de educação.

Duas escolas e uma creche estão em obras enquanto outras duas unidades terão as suas inicializadas em breve.

Dessa forma, a prefeitura em ritmo de festa, por causa do aniversário da cidade, dá destaque para a construção de salas, quadras e piscinas mas não comenta sobre questões importantes que afetam mais decisivamente a qualidade do ensino.

É de conhecimento de todos a importância de concursos públicos para professores, funcionários administrativos e diretores, implantação de docentes auxiliares em salas de aulas, bibliotecas das unidades e públicas decentes, programa de recomposição salarial e dedicação exclusiva, plano de carreira, limite de alunos por sala de aula, inclusão digital, assim como a instituição de período integral em todas unidades.

Os exemplos citados são apenas alguns que merecem investimentos, mas aos 61 anos Poá tem de se contentar com a comemoração de tijolos, das paredes, e águas, das piscinas.

Por Leandro de Jesus

0 comentários:

Publ01