31 março, 2010

SERRA INAUGURA OBRAS INACABADAS

O acesso de Poá à Rodovia Ayrton Senna foi inaugurado mas em seguida foi fechado para conclusão de obras. O evento ocorrido em 29 de março segue outros nos quais o governador, pré-candidato à presidência, tenta se auto-promover.

O evento, cheio de pompa, bajulação e políticos, serviu apenas para promover um governador prestes a largar o cargo para concorrer a outro. O mais importante para a população, porém, fica de lado. No dia 30, a pista foi fechada para conclusão de obras.

O serviço do governador é tão mal feito que até justificativas são divergentes. De acordo com informações do DAT (Diário do Alto Tietê), a empresa responsável pela obra teria dito que o local "estava fechado porque máquinas e funcionários da empresa ainda trabalhavam em alguns pontos do acesso". A prefeitura de Poá por sua vez disse que o palanque da cerimônia ainda estaria sendo desmontado.

Na semana passada Serra já havia inaugurado as novas pistas da Marginal Tietê sem que todos acessos estivessem concluídos e as sinalizações ou postos de iluminação tenham sido colocados. Neste dia 30 Serra repetiu o feito e inaugurou a pista Sul do Rodoanel. Após o evento, a pista também continuará fechada.

É necessário um olhar atento por parte do Ministério Público Eleitoral em relação às cerimônias feitas por Serra. É inadmissível utilizar verbas e espaço público para propaganda eleitoral antecipada, ilegal.

Por Leandro de Jesus

25 março, 2010

CONSEMA APROVA LICENÇA DO TRECHO LESTE DO RODOANEL

Com aprovação, processo licitatório poderá ser iniciado

O Conselho Estadual do Meio Ambiente (CONSEMA) aprovou ontem, dia 24, parecer técnico que libera a Licença Prévia para a construção do Trecho Leste do Rodoanel Metropolitano Mário Covas. Embora haja condicionantes, abertura de licitação já pode ser realizada.

O parecer técnico produzido pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) foi aprovado por 17 conselheiros, enquanto 3 se abstiveram. Este órgão havia imposto 102 condições para a emissão da licença e os membros do CONSEMA incluíram mais três, todas referentes à proteção de corpos d’água, vegetação, remoção da população, compensação ambiental, métodos construtivos e acompanhamento da obra.

Uma das exigências é que além de realizar o plantio de mudas em 510 hectares sejam recuperados mais 510 hectares em áreas de preservação permanente, especialmente no entorno de nascentes e ao longo de rios e represas.

O trecho Leste terá uma extensão de 44,5 km ao ligar Mauá à Arujá, passando por Ribeirão Pires, Suzano, Poá e Itaquaquecetuba. A obra, que terá largura de 130 a 160 metros, tem previsão de construção em 36 meses e deverá desapropriar moradias em todas as cidades pelas quais passará.

Por Leandro de Jesus

24 março, 2010

CONCRETO É SINÔNIMO DE REVOLUÇÃO NA EDUCAÇÃO

Para a prefeitura, levantar obras é revolucionário

Enquanto especialistas em educação de todo o país discutem e sugerem alternativas para a melhoria do ensino e aprendizado, a prefeitura de Poá diz ter encontrado a solução para revolucionar a educação na cidade. Para o prefeito Testinha (PDT), a mágica virá através do concreto, da construção de unidades.

O sucesso será "devido às obras de reestruturação, serviços de reforma, ampliação, restauração e construção de novas creches e escolas da rede municipal de ensino, incluindo a primeira unidade a contar com a piscina semi olímpica e com quadra poliesportiva coberta", segundo nota oficial da secretaria de educação.

Duas escolas e uma creche estão em obras enquanto outras duas unidades terão as suas inicializadas em breve.

Dessa forma, a prefeitura em ritmo de festa, por causa do aniversário da cidade, dá destaque para a construção de salas, quadras e piscinas mas não comenta sobre questões importantes que afetam mais decisivamente a qualidade do ensino.

É de conhecimento de todos a importância de concursos públicos para professores, funcionários administrativos e diretores, implantação de docentes auxiliares em salas de aulas, bibliotecas das unidades e públicas decentes, programa de recomposição salarial e dedicação exclusiva, plano de carreira, limite de alunos por sala de aula, inclusão digital, assim como a instituição de período integral em todas unidades.

Os exemplos citados são apenas alguns que merecem investimentos, mas aos 61 anos Poá tem de se contentar com a comemoração de tijolos, das paredes, e águas, das piscinas.

Por Leandro de Jesus

20 março, 2010

DENEVAL DIAS MINIMIZA FATOS SOBRE ABISMO RACIAL

Em discurso na Câmara, vereador Deneval Dias (PRB) demonstra não crer na existência de racismo no Brasil e afirma que diferenças sociais e econômicas entre negros e brancos é mínima. Além disso, concordou com a tese do senador Demóstenes Torres (DEM) de que o negro seria culpado por sua própria escravidão.

O pronunciamento sobre o assunto foi realizado na sessão do dia 8, após intervenção no discurso do vereador Júnior da Locadora (PV), o qual lia informações publicadas na "Folha de S. Paulo" sobre a declaração do senador Demóstenes.

Dias disse que dentre os 60 milhões de pobres existentes no Brasil, apenas 60% seriam de negros e 40% de brancos. Tal diferença seria muito pequena para considerar que os negros seriam prejudicados e não justificaria uma política de cotas. O vereador concordou ainda com alguns historiadores que, segundo ele, afirmam que entre os negros haveria um mercado de escravidão. Desse modo, ele ratificou o discurso do senador.


Dias, no entanto, demonstra profundo desconhecimento de estatísticas oficiais e da história da escravidão no Brasil. Os dados mais relevantes descrevem ainda hoje um abismo entre negros e brancos no país.

O estudo Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça do IPEA ((Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) publicado no fim de 2008, mostra que expectativa de vida foi maior para as mulheres em relação aos homens e também para a população branca na comparação com a negra. A diferença chega a 3,7 pontos a favor das mulheres brancas contra negras.

A vulnerabilidade social de negros também pode ser vista no percentual daqueles que vivem em favelas. De 8 milhões de moradores, em torno de 66% das casas é chefiada por negros ou negras.

Outra área na qual se observa a diferença do acesso da população a serviços públicos é a saúde. Dos 36,4% das mulheres com até 25 anos de idade que nunca se submeteram aos exames de mama e do colo do útero, 28,7% são brancas e 46,3% são negras. A população negra também é mais dependente do SUS (Sistema Único de Saúde). Entre os atendidos em 2003, quase 80% foram de negros ante a média de 56% de brancos.

Dados de 2006 mostravam também a diferença de renda nos grupos. Homens brancos tinham uma renda média de R$ 1.181, mulheres brancas ganhavam R$ 742; homens negros, R$ 583 e mulheres negras, em média, ganhavam R$ 383.

A disparidade é preocupante pois no extrato social brasileiro a quantidade de negros e pardos com a de brancos é bem próxima. Dados da PNAD (Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios) indicou que 50,6 e 48,4%, respectivamente, declaravam-se dessas raças.

Diante dos dados tão evidentes, não seria necessário realizar conclusão. Mas diante da falta de conhecimento do vereador Dias, é imperativo dizer que algo está muito errado e que é necessário a implementação de políticas públicas afirmativas. Tais diferenças não são pequenas e precisam ser revertidas, assim como é necessário que o vereador busque informações mais corretas para divulgar, já que exerce uma função pública de destaque.

Por Leandro de Jesus

14 março, 2010

DESTAQUE RUIM DA DESTAQUE FIAT

Trabalhadores sofreram para divulgar revendedora


A empresa Destaque demonstrou neste fim de semana pouca consideração em relação a condição de trabalho de seus empregados. Num sábado em que a temperatura ultrapassou os 30º, jovens passaram o dia diante do sol balançando bandeira com a marca da organização.

As jovens meninas contratadas permaneceram durante todo o dia, em pé, na rotatória da SP-066 que dá acesso ao centro de Poá, através da Avenida Arquiteto Frederico Renê de Jaegher. Nem sequer havia boné fornecido pela empresa para protegê-las dos raios solares. Espera-se ao menos que tenham oferecido protetor solar às jovens.

É de conhecimentos de todos os malefícios de se permanecer exposto ao sol nos horários de maior calor, além dos problemas resultantes da respiração de gases liberados pelos veículos na estrada. A empresa, porém, não parece se preocupar com isso.

É importante que o sindicato da categoria e que a fiscalização do Ministério do Trabalho vejam se estes funcionários estão realmente em condições adequadas de serviço. Caso não estejam, poderão serem acometidos de enorme prejuízo na saúde.

A Destaque é revendedora de veículos Fiat e mantém um stand e um show-room na cidade.

Por Leandro de Jesus

06 março, 2010

TROCA DE SECRETÁRIOS NA PREFEITURA

Testinha nomeia secretário contratado por "proximidade familiar"

Após um ano e dois meses conduzindo duas secretarias, Ali El Kadri foi dispensado da Secretaria de Governo e permanecerá em definitivo na Secretaria da Saúde. Em seu lugar, assume Geraldo Pereira de Oliveira, ex-chefe de gabinete.

O médico Ali assumiu a Secretaria da Saúde concomitante com a de Governo, após o pedido de demissão de Cristiane de Souza, que teve uma brevíssima gestão. Logo em seguida, foi publicado neste Blog críticas sobre a gestão de duas secretarias por Ali. Naquele momento, foi dito que "a ocupação do cargo que seria temporária, parece se tornar permanente. Apenas um cargo dessa natureza já é complexo, dois para uma mesma pessoa demonstra um constra-senso do prefeito". O tempo confirmou que não haveria uma gestão interina, mas uma que durou mais de um ano.

Ali é afastado da Secretaria de Governo após tumultuada relação com alguns vereadores. Foi constante a crítica em relação à sua inabilidade em negociar com o legislativo.

Após a nomeação de Oliveira para a chefia de gabinete foram geradas suspeitas sobre sua capacidade para a função, especialmente devido a informações divulgadas na imprensa e não negada por Testinha. No jornal Diário do Alto Tietê de 02/01/2009, o modo de seleção dele foi descrito: “Aos 52 anos, Oliveira não é filiado a nenhum partido e foi escolhido por Testinha pela sua proximidade familiar. Nossas avós eram irmãs. Somos primos em quarto grau´, atestou.

Espera-se que agora, com um secretário em cada pasta, os problemas na área da saúde sejam sanados e os projetos do governo sejam apresentados com melhor dinâmica.

Por Leandro de Jesus

01 março, 2010

ELEIÇÃO DE CONSELHO TEVE EXPRESSIVA PARTICIPAÇÃO

No último dia 20, houve eleição com voto direto, e sem obrigatoriedade, para conselheiros tutelar na cidade de Poá. A expressiva participação popular no pleito deve servir de exemplo para que todos os conselhos locais tenham o mesmo sistema de votação.

De acordo com a contagem oficial, 4.094 eleitores participaram do processo e puderem escolher entre os 33 candidatos. Foram eleitos em 1º lugar, Sonia Maria Barco da Silva, com 388 votos; 2º Claudete Luiza dos Santos, 341 votos; 3º Augusto Donizete Barbosa, 258 votos; 4º Clayton Elias Belchior, 251 votos e 5º Raimunda Ivanilda Silva dos Santos, 197 votos. O suplentes serão José Cano Heredia Neto, Márcio da Silva Jair, Marlene Aparecida Requim, Patrícia Pereira de Lima e Danilo Ferreira Damasceno.

Em janeiro deste ano também já houvera eleição direta para o Conselho da Saúde, processo no qual compareceram quase 500 pessoas.

Em um país no qual há pouca participação popular em decisões públicas, é exemplar essas primeiras eleições diretas. Quanto mais houver esse tipo de evento, assim como audiências públicas, mais a população se acostumará a opinar sobre assuntos vitais da cidadania.

Para que haja popular, é necessário oportunidades. O primeiro passo foi dado e a expectativa é de aumento na quantidade de pessoas participantes.

Diante disso, é importante que os poderes legislativo e executivo movam-se no sentido de alterar leis, se necessário, para que todos os conselhos no município possam ter eleições diretas, o meio mais transparente de eleição.

Por Leandro de Jesus

Clique e confira as promoções

Publ01