GASTO EM PUBLICIDADE DA PREFEITURA DE POÁ SUPERA A DE SÃO PAULO

.
Relativamente à população de cada município, em Poá o gasto é mais que o dobro

De acordo com dados oficiais, a prefeitura de Poá gastará ao longo de um ano mais com publicidade do que o programado no orçamento do município de São Paulo, considerando o total de habitantes em cada local.

O executivo poaense divulgou em julho a empresa vencedora de processo licitatório para realizar serviços de comunicação. A "Excel Comunicação Integrada", que ficou em primeiro lugar, receberá R$ 1.8 milhão para os trabalhos de "divulgação, publicidade e marketing". O custo por habitante ultrapassa os R$ 17. Segundo o último levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a cidade estaria com 104 mil moradores.

A prefeitura da capital paulista, por sua vez, pretende gastar durante este ano cerca de R$ 80 milhões com publicidade, considerando o remanejamento desta semana para a área. São Paulo, no mesmo período, contabiliza uma população de 10.8 milhões. O gasto por habitante estaria, portanto, em torno de R$ 7, menos que a metade investida em Poá.

Estranha, assim, o valor programado no município poaense, pois as características indicam que São Paulo tenderia a gastar mais. Esta é a capital do Estado, uma das maiores cidades do mundo, tem a maior população do país, a maior economia, alto peso político, enquanto Poá é apenas uma cidade dormitório de apenas 17km2.

Considerando ainda que a qualidade em muitos serviços públicos é deficiente, como já relatada diversas vezes neste blog, é espantosa a destinação de tal montante pela administração Testinha (PDT).

Cabe, nesse contexto, atuação da Câmara Municipal para que se averigue o porque de tal alto valor. Que o legislativo, então, cumpra seu dever.

Leandro de Jesus

0 comentários:

Publ01