DESSERVIÇO À POPULAÇÃO POAENSE

.
Por Leandro de Jesus

Poá comemora nestes dias o 59º aniversário de emancipação político-administrativa. É de se esperar, como manda a tradição, que haja eventos festivos nessa época. É também de se esperar que erros, displicências, descasos e falta de responsabilidades sejam apontadas pela imprensa. No entanto, a prestação essencial desse serviço, como comumente, não foi realizada pelos jornais de Poá.

Nenhum merece alguma ressalva. É interessante contar a história do município, resgatar aspectos importantes, vitórias e acertos. Mas, num momento tão importante da cidade, e principalmente em ano de eleições, é crucial também que haja investigação e publicização dos problemas da cidade, para que possam ser cobrados das autoridades e fiscalizados pelos cidadãos.

O jornal Novo Milênio, em uma pretensa edição especial de aniversário, prestou um grande desserviço à população. Ao invés de tratar de temas que correspondessem aos interesses de toda à população, foi praticada uma apologia ao Roberto Marques. Não que o jornal não tenha o direito de elogiá-lo, mas é uma mediocridade dizer tratar-se de uma edição especial, quando na verdade apresenta uma massacre de 20 fotos e textos sobre o atual prefeito. Por sinal, apenas aspectos positivos foram mostrados. Seria Marques e secretários perfeitos???

É um desrespeito com a população, principalmente em se tratar de ano eleitoral. Sabemos, no entanto, a que interesses serve uma publicação desse tipo. Os poaenses perderam uma ótima oportunidade para refletir sobre seus problemas, principalmente o da saúde, que tanto nos aflige. Se dependermos de jornais dessa categoria, a população sempre ignorará o que acontece em nosso entorno. Prestemos, então, atenção contra imprensa desse tipo. Não aceitemos essas formas de manipulação da realidade.

0 comentários:

Clique e confira as promoções

Publ01