Para que serve um jornal?

.
Às vezes, parece que ninguém sabe o que é o jornalismo e para que serve. "Um jornal serve para servir", concluía um jornalista brasileiro que eu o li uma vez. Um jornal deve ser verdadeiro - o que não significa dizer sempre a verdade, mas tentar fazê-lo. Um jornal deve fazer pensar - o que não significa pensar melhor e mais fundo, mas não desistir de o tentar, concluía ele. Enfim, um jornal deve ser democrático, ou seja, ele não pode se restringir a análise das situações do ponto de vista de uma minoria em detrimento da coletividade.
Há, claro, vários tipos de jornalismo. É o jornalismo de jornal em nossa cidade, cuja crise se decreta há anos, que aqui importa.
Acompanhei os noticiários jornalísticos que cobriram os recentes eventos de inaugurações em nossa cidade. As matérias e artigos veiculados foram suficientes para proclamar um jornalismo parcial e interesseiro a serviço da Administração. Fui surpreendido pelo Jornal Novo Milênio, sua cobertura destoou de todos os outros. Ela foi imparcial. Apontou o interesse da Administração nas inaugurações e o protesto de pessoas que discordavam das obras (inclusive foram publicadas minhas palavras de protesto na íntegra). O jornalista publicou informações verdadeiras. Ouviu os dois lados. Ficam aqui registrados os meus cumprimentos aos responsáveis pela matéria.
Enfim, jornalistas ouçam-me! O que o povo ordena é que vingue o melhor do seu pensamento sobre a sua cidade. Nenhuma imprensa será verdadeiramente democrática se não tiver como sua característica principal estabelecer um vínculo mais estreito entre o povo e o periódico.

4 comentários:

Lidi disse...

Bom dia Saulo.
Estou aqui para parabeniza-lo pela iniciativa e pelas reportagens. Sinceramente adorei, é o que estava faltando para o povo de Poá.

Sem mais,
Lidiane O. de Andrade

Vanessa disse...

Boa tarde Saulo!
Parabéns por esse blog!
Realmente a atual administração da nossa cidade vem cometendo absurdos...
E nós, como cidadãos, devemos deixar de aceitar tudo passivamente e lutar pelos nossos direitos.

Vanessa F. dos Santos

Vanessa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Parabéns Saulo
Tenho lido seus comentários e estou em pleno acordo, com quase todos.
Acho que os jornais de Poá (no geral)são uma vergonha. A imprensa marron. A maioria dos jornais se venderam para atual adm., infelismente deixam de mostrar a realidade, a sacanagem e a bandalheira dos governantes em troca de algumas "vantagens".